sábado, 21 de novembro de 2009

Comemorando o Halloween


Aqui vai um post mais-do-que-atrasado sobre o que fiz para comemorar o Halloween, data horrorífica que não poderia deixar de ser comemorada pelo Caveira que vos fala.

Até pensei em ir em alguma festa temática ou algo do tipo. Mas, fiel ao meu estilo (e também em função do cansaço pelas semanas trabalhosas que tive entre outubro e novembro), resolvi ficar em casa e ver (ou rever) alguns filmes com a Suzan.

O nosso fim de semana Halloween começou com Gremlins, um clássico do "terrir" oitentista que eu não via há vários anos. Acho que eu nunca tinha reparado como o filme é GORE e ofensivo para os padrões atuais, ainda mais considerando-se que era um filme visto sem problemas por crianças na época.


Tenho certeza que um filme desses, caso fosse feito um remake, não iria conter tantas cenas politicamente incorretas (gremlins atirando uma mulher idosa pela janela do segundo andar da casa, uma mãe de família enfiando gremlins no forno de micro-ondas e no liquidificador, um professor fazendo experiências cruéis com um mogwaii, o protagonista molhando Gizmo intencionalmente - malgrado a dor horrenda sofrida por este - só para fins de teste, etc).



O segundo filme foi o novo Sexta-Feira 13, que eu já resenhei aqui na Cripta há alguns meses atrás. A Suzan ainda não tinha visto esse e eu aproveitei para rever.


É legal para caramba, divertido, violento e com boas cenas de gatas com os peitos de fora. Só lamento que, com o sucesso comercial desse remake, já estejam planejando continuações desnecessárias. A cinessérie original rendeu nada menos do que DEZ filmes (fora o crossover "Freddy Vs Jason"), sendo a maioria dispensável. Tudo o que Sexta-Feira 13 NÃO precisava era render MAIS UMA uma série interminável de filmes medíocres.


Por fim, aproveitei para rever ENTREVISTA COM O VAMPIRO, um dos meus filmes prediletos. Acho que foi a primeira vez que vi esse filme em DVD. A primeira vez que o vi foi em 1994 nos cinemas, e anos depois gravei o filme da TV em VHS e assisti "n" vezes.

Depois de ter visto o filme tantas vezes, mal tenho o que comentar, pois sei praticamente de cor cada cena e diálogo. Mas é sempre um prazer rever esse filmaço, que é um dos grandes responsáveis pela VAMPIROMANIA dos anos 90 - que, aliás, parece ter voltado com força total nos últimos anos. Quando você vê essas coisas bobas atuais, voltadas para o público aborrescente médio (como a "febre" Crepúsculo), é impossível deixar de perceber o quanto se perdeu daquela atmosfera e densidade literária das obras de Anne Rice.

Parece que os vampiros da moda atual são imaturos, emos e não gostam de boa literatura - ou seja, são basicamente um espelho da adolescência contemporânea. Se o Lestat encontrasse esses afetados na rua, certamente desceria o cacete neles!

Por fim, meu blog retrogamer CEMETERY GAMES também entrou no clima de Halloween. Vários blogs e sites de games antigos participaram da iniciativa chamada "Retroween", e o Cemetery Games foi um deles, com um review caprichado do clássico de horror SUPER CASTLEVANIA IV do Super Nintendo. Confira em: www.cemeterygames.wordpress.com


Bem, corpos e almas, esse foi o Halloween do Caveira. Pacato e reservado, mas divertido. Até porque, aqui na Cripta, todo dia é Halloween e toda hora é meia-noite, BUA-HA-HA-HA-HA-HAAAAA!!!!!!



Um comentário:

Vitória disse...

bela cronica de caveiras um vou fumar um cigaro